Introdução à magia: escolhendo um sistema

Existem muitos sistemas mágicos. Muitos mesmo, ainda mais quando contamos as suas possíveis variações. A maioria deles, eu acredito, deve se enquadrar dentro de um dos quatro padrões, quatro grandes guarda-chuvas, que eu descrevi no último texto, seja em sua forma pura, seja como mistura. O 7 de copas no tarô, pelo menos no sistema…

Introdução à magia: os componentes de um ato mágico

No meu texto anterior, eu ensaiei um princípio de definição do que é magia, pelo menos segundo o meu entendimento e para os propósitos de leitura entre praticantes e curiosos — i.e. sem qualquer pretensão acadêmica. A magia, eu concluí, é a exploração do mundo oculto, invisível, imaterial, que começa com a prática de atos…