O arcanjo Raziel e o Livro dos Mistérios

Eu sou obcecado por grimórios bem estruturados, o que, para minha tristeza, é um tanto raro. Boa parte deles não passa de listas e listas de nomes de espíritos e a quem eles supostamente obedecem, com imagens, fórmulas e instruções a serem seguidas à risca para construir as ferramentas e encenar os rituais (isto, se…

Aterramento: o que é, como fazer e por quê?

Tem uma fábula bastante famosa de Esopo, conhecida pelo título de “O astrônomo que caiu no poço”. Como todas as fábulas do autor, ela é curtinha e vale a pena citá-la aqui na íntegra, em tradução de Heloisa Jahn a partir do inglês, na edição da Companhia das Letras: Um astrônomo gostava de fazer passeios…

Sobre os elementos  –  parte III: magia elemental

Um dos textos mágicos mais antigos, talvez o mais antigo, fora do Oriente e seu material dos Upanixades, que põe em prática a teoria dos quatro elementos e utiliza fórmulas para invocá-los, parece ser o comecinho da famosa Liturgia de Mithras, que consta nos PGM (IV. 475–829). Cito-a logo abaixo: Esta é a invocação do…

Sobre os elementos  –  parte II: astrologia, ocultismo e Cabala

Como dito na primeira parte deste texto, a gente costuma chegar nos autores esotéricos que escrevem sobre os elementos tendo como bagagem prévia pelo menos um contato com obras de entretenimento. Porém, apesar de esse tipo de material servir para nos guiar até a porta, por assim dizer, ele não é a companhia ideal depois…