O crucial da proteção espiritual (não é o que você espera)

Uma vantagem psicológica do ceticismo é não acreditar em espíritos malignos ou parasíticos, nem em ataques espirituais. Trata-se, vale frisar, de uma vantagem puramente psicológica, no entanto – ela não protege ninguém de nada, nem se sustenta de forma alguma a longo prazo, mas permite alguma tranquilidade temporária, pelo menos até algo inexplicável acontecer e…

Três amuletos históricos (com explicações)

Objetos imbuídos de forças mágicas e conexões com espíritos são um componente importante de práticas esotéricas em todo o mundo. Eu mesmo já dediquei um texto só sobre o assunto como introdução às ferramentas mágicas e, no mês passado, ministrei um pequeno curso sobre criação de talismãs[1]. Talismãs e amuletos, em resumo, são objetos criados…

Como construir um ritual de prosperidade

Hoje nós vamos falar de uma parte importante do trabalho mágico, que é aquilo que os gringos chamam de spellcrafting, a construção do feitiço, o trabalho de elaborar o roteiro de um ritual, entender os elementos envolvidos e como eles podem ser explorados da melhor forma e em quais etapas. Esse assunto é complicado, porque…

Cristais: Quem são? Onde vivem? Do que se alimentam?

Cristais representam um problema curioso: eles são, talvez, a primeira coisa que puxa a gente para o esoterismo. São bonitos, todo mundo gosta de uma joia brilhosa, e a cultura popular está repleta de histórias, antigas e modernas, de anéis, pingentes e pedras preciosas com poderes sobrenaturais, desde as pedras Urim e Tumim, na Bíblia,…

As funções da parafernália mística

Todo mundo curte uma quinquilharia, uns badulaques, uns penduricalhos. Numa notícia muito interessante do ano passado, arqueólogos descobriram um kit de ferramentas mágicas de uma possível feiticeira de Pompeia, incluindo amuletos, cristais e uma imagem do deus Dioniso. Dos trajes elaboradíssimos e tambores dos xamãs aos caldeirões de bruxas e artefatos do mago cerimonial, é…