Um hino a Sîn, deus da Lua

A gente, por inúmeros motivos, tem uma tendência tão grande de instintivamente associar a Lua ao feminino que talvez seja surpreendente descobrir que os povos do Antigo Oriente Próximo tinham divindades lunares masculinas. No Levante, no panteão cananeu, ele se chamava Yarikh (uma das palavras para Lua em hebraico é o cognato yerah ou yareach,…

Os quadradinhos mágicos dos quatro elementos

Esta foi uma descoberta que eu fiz recentemente — ou uma surpresa que eu tive, melhor dizendo — , enquanto ouvia a uma palestra no YouTube, “Magic and the Occult in Islam: Ahmad al-Buni and his Shams al-Marif”, ministrada pelo prof. Saiyad Nizamuddin Ahmad no Warburg Institute em 2013 (link aqui). O assunto da palestra é autoexplicativo: o Prof….

Além do Caos: a obra de Phil Hine, em campanha

Como já disse em alguns momentos anteriores, eu tive o meu começo no rolê esotérico com a Magia do Caos (algum dia talvez eu conte aqui melhor qual foi o caminho e como fui parar nele)… mas, como muitos outros magistas contemporâneos com uma história parecida, não me identifico mais com o movimento. Apesar disso,…

Três amuletos históricos (com explicações)

Objetos imbuídos de forças mágicas e conexões com espíritos são um componente importante de práticas esotéricas em todo o mundo. Eu mesmo já dediquei um texto só sobre o assunto como introdução às ferramentas mágicas e, no mês passado, ministrei um pequeno curso sobre criação de talismãs[1]. Talismãs e amuletos, em resumo, são objetos criados…