Um hino ao deus Marduk

Aproveitando o ensejo da aproximação do Akitu, o Ano Novo Babilônico, eu gostaria de compartilhar com vocês este material original dos cultos mesopotâmicos da antiguidade. Trata-se de um hino a Marduk — o principal deus celebrado no Ano Novo — chamado de shu-illa, uma “prece do erguer das mãos”, que era realizada pelo rei, em…

Celebrando o Ano Novo Babilônico

Está chegando! Este ano, o Akitu, ou Ano Novo Babilônico, deve cair no equivalente ao dia 17 de março do calendário gregoriano (logo abaixo, eu explico a lógica por trás do cálculo). Na virada de 2020 para 2021, eu fiz um breve post no Instagram comentando como eu geralmente não faço nada no sentido de…

Quem tem medo de magia angelical?

Eu confesso que eu tinha, pelo menos até um tempo atrás. E eu sei que parece bobagem, considerando que magia com anjos sempre foi uma parte integral da tradição mágica ocidental. Mais do que isso ainda, nós somos brasileiros e todo mundo já deve ter visto ou folheado os livros de anjos cabalísticos da Mônica…

O que é magia astrológica?

Como venho anunciando, em outubro eu pretendo ministrar um breve curso sobre magia astrológica. Por isso, nada mais adequado do que reservarmos algumas palavrinhas sobre o assunto, até porque tem algumas dúvidas que é bom esclarecer antes mesmo de se inscrever no curso (afinal, quanto menos eu precisar falar de coisas mais básicas no curso,…

Ishtar, deusa do sexo e da guerra (mas muito mais do que só isso)

No calendário judaico, que é lunissolar e começa mais ou menos em março/abril, hoje é o dia 18 de Elul, o 6º mês do ano. Acontece que a inspiração para o calendário judaico foi o babilônico, tendo sido adotado durante o período do Exílio, no século VI a.C.1, e Elul equivale a um mês com…

Uma brevíssima visão geral do panteão mesopotâmico

O chamado (neo)paganismo é um tema que tem estado bastante em voga ao longo das últimas décadas de práticas ocultas no Ocidente. Isso é um fenômeno recente — nenhum ocultista renascentista como Agrippa ou mesmo o pessoal posterior, da Golden Dawn, em sua mimaioria, apesar de sua estética egípcia, gostaria de se identificar como pagão…