Aterramento: o que é, como fazer e por quê?

Tem uma fábula bastante famosa de Esopo, conhecida pelo título de “O astrônomo que caiu no poço”. Como todas as fábulas do autor, ela é curtinha e vale a pena citá-la aqui na íntegra, em tradução de Heloisa Jahn a partir do inglês, na edição da Companhia das Letras: Um astrônomo gostava de fazer passeios…

Sobre os elementos  –  parte III: magia elemental

Um dos textos mágicos mais antigos, talvez o mais antigo, fora do Oriente e seu material dos Upanixades, que põe em prática a teoria dos quatro elementos e utiliza fórmulas para invocá-los, parece ser o comecinho da famosa Liturgia de Mithras, que consta nos PGM (IV. 475–829). Cito-a logo abaixo: Esta é a invocação do…

Sobre os elementos  –  parte II: astrologia, ocultismo e Cabala

Como dito na primeira parte deste texto, a gente costuma chegar nos autores esotéricos que escrevem sobre os elementos tendo como bagagem prévia pelo menos um contato com obras de entretenimento. Porém, apesar de esse tipo de material servir para nos guiar até a porta, por assim dizer, ele não é a companhia ideal depois…

Sobre os elementos – parte I

Se tem um conceito da cultura esotérica que todos conhecem, que mais se aproxima, na medida do possível, de qualquer ideia de “universalidade”, é este: a noção de que o mundo é constituído, em essência, de quatro princípios básicos, chamados de elementos — fogo, ar, água e terra. Do desenho do Capitão Planeta a Avatar, a nossa…

Começando no caminho

Então chegou o dia em que você decidiu começar uma prática espiritual. Afinal, é começo de ano, e talvez esse tipo de coisa faça parte das suas resoluções de ano novo. Eu mesmo não sou de fazer resoluções e promessas, mas acho ótimo e incentivo todo (ou quase) esforço para se entrar num caminho espiritual….

Feliz solstício (e pausa para fim do ano)

Dizer que o ano de 2020 foi incrivelmente conturbado não chega nem a arranhar a superfície do tamanho do impacto que ele representou para todo mundo. É, eu sei, e isso mesmo é um clichê que ninguém mais aguenta ouvir. Mesmo agora, enquanto eu digito isto, a taxa de mortalidade da pandemia (para não falar…

A Meditação dos Corações Gêmeos

Vou começar este texto pedindo desculpas aos leitores assíduos do site. Este texto não será nem de longe tão bom quanto os textos acadêmicos do Frater, mas prometo que vai ter paixão nele. 🙂 Eu sou a Maíra que volta e meia é citada por aqui e acredito que alguns de vocês já me conheçam…

Austin Osman Spare – live e último dia de campanha

Dois meses atrás, eu anunciei aqui n’O Zigurate o projeto Arte e Magia do Caos: obras reunidas de Austin Osman Spare, encabeçado pelo SatBaghat Rogério Bettoni e a Oficina Palimpsestus. Como dito neste post anterior, o projeto, financiado coletivamente no catarse, não apenas vai publicar a obra de Spare pela primeira vez em português, como…

Magia bíblica: como usar os salmos

A magia de salmos tem muitas coisas em comum com o que já vimos antes com a magia angelical, para bem e para mal. E, inclusive, as duas estão relacionadas, como veremos mais adiante neste texto. Ambas as formas de magia fazem parte de um repertório mais tradicional, tanto da magia popular (folk magic) quanto…

A trágica história de Dr. Fausto

Eu sempre fui fascinado pela história de Fausto. Com mais idade, o que me passou a me atrair mais foi a caracterização do personagem feita por Goethe, mas tem algo nessa lenda que encontra ressonância imediata com qualquer um do mundo ocidentalizado — para alguns autores, inclusive, Fausto é quintessencialmente ocidental ou, melhor dizendo, esta sociedade é…